sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Dia das crianças e o livro

O Dia da Criança foi criado em 1950, pela Federação Democrática Internacional das Mulheres, que propôs às Nações Unidas que se comemorasse um dia dedicado a todas as crianças do Mundo.
A ONU reconhecendo que as crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social, necessitam de cuidados e atenções especiais, precisam de ser compreendidas, preparadas e educadas de modo a terem possibilidades de usufruir de um futuro condigno e risonho, propuseram o Dia 1 de Junho, como Dia Mundial da Criança. No Brasil,a iniciativa de criar um dia especialmente dedicado às crianças foi do deputado federal Galdino do Valle Filho, ainda na década de 1920. Depois de aprovada pelos deputados, o 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.Mas a data só funcionou mesmo em 1960, quando Eber Alfred Goldberg, diretor comercial da Fábrica de Brinquedos Estrela, fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto". Logo depois, as empresas decidiram criar a Semana da Criança, como meio de aumentar as vendas. Como a proposta surgiu no final de junho e os organizadores pretendiam fazer algo ainda naquele ano, o mês escolhido para a comemoração acabou sendo outubro. A idéia foi um êxito. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e reviveram o antigo decreto.

Para esse dia, convidamos o autor e poeta Fabrício Carpinejar para escrever uma mensagem sobre o livro e a criança. Vejam só: "Quando criança o livro era minha térmica para aquecer o vento, era meu recreio para disparar o batimento, era o braço da menina que desejava namorar. O livro me cuidou para que eu não deixasse de viver".
Brigadão Fabro. E participem ainda hoje, do último dia do I Festival Estadual de Contadores de Histórias, com várias histórias, diversão e brinquedos.

Foto: Flickr - Formadores de opinião

Um comentário:

Super Sil/ Silvana Rodrigues disse...

Moças queridas, queria agradecê-las pelos dois dias de muito bem estar que oude dividir com vocês. O que era uma atividade para divertir as crianças, provou para mim, mais uma vez, que outro mundo é possivel. Oxalá possamos ser como os pequenos que sempre respondem com sorrisos e estão prontos a participar!!!


Espero poder colaborar muitas e muitas vezes com a biblioteca e com a formação dos nossos grandes-pequenos leitores.


Valeu mesmo. Enviarei agora para o email as fotos... mas se a curiosidade for demais, entrem no meu blog que tem umas lá.

Abraços, Silvana Rodrigues (escola tecnica)