domingo, 30 de novembro de 2008

Quando eles souberam - Maria Dinorah


Os meninos que brincam,
Talvez não saibam não
Que há meninos na luta

Por um pouco de pão.
Os meninos que estudam,
O fazem sem notar
Que há meninos
Com o poder de estudar.
Há meninos, com tudo,
A viver muito bem,

Que talvez não entendam

Por que tantos não têm.
E há meninos vivendo

O momento de paz
Sem querer perceberem

Do que a guerra é capaz.
Mas quando eles souberem,
Tudo isso vai passar

Pois está nas crianças

O poder de mudar.

A autora Maria Dinorah nasceu em Porto Alegre e passou a infância em Colônia de São Pedro, distrito de Torres, no Litoral Norte. Professora por formação, foi uma pioneira na literatura infantil e infanto-juvenil do Estado e na própria aproximação dos autores para crianças com as escolas. Com mais de cem livros publicados, entre prosa e poesia, estreou na literatura nos anos 1960, e pelas décadas seguintes se tornaria um dos autores mais lidos pelas crianças e jovens e idade escolar. Muitas de suas obras foram ilustradas por Luiz Alberto Prado, seu filho, arquiteto e artista plástico.
Abordou questões como leitura, questões sociais e ecologia — ainda em vida a escritora recebeu a homenagem de dar nome a uma biblioteca ecológica em Porto Alegre. Dentre suas dezenas de livros, merecem destaque
A Coragem de Crescer, Panela no Fogo, Barriga Vazia, Poesia Sapeca, Dobrando o Silêncio e Giroflê Giroflá. Faleceu dia 16 de dezembro de 2007, aos 82 anos, deixando uma linda obra poética publicada.

2 comentários:

Tamara disse...

Maravilhoso este poema e tudo mais no blog. Vocês estão de parabéns.

Anônimo disse...

oi me chamo joice b. ferreira e estou muito feliz em conhecer a obra de uma pessoa tao incrivel e sei que sua obra ira sobreviver eternamente na mente de quem realmente apreca a verdadeira arte da vida.